Minha Casa Minha Vida – Cadastrar no Programa Minha Casa Minha Vida

cadastro programa minha casa minha vida - minha casa, minha vida programa do governo federal
As famílias sonham em ter uma casa própria, agora o governo federal criou o programa Minha Casa Minha Vida, para se Cadastrar no Programa Minha Casa Minha Vida, as famílias tem que ter uma renda mensal entrem três e dez salários mínimos, o Minha Casa Minha Vida criou um fundo para refinanciar parte de prestações, se o mutuário perder a fonte de renda. Para Cadastrar no Programa Minha Casa Minha Vida, as famílias tem que consultar as construtoras ou um atendimento nas agências da Caixa Econômica Federal.

O Governo está investindo R$ 34 bilhões para as famílias terem a sua casa própria através do programa minha casa, minha vida. O Objetivo do programa é construir 1 milhão de novas moradias para as famílias com renda de até 10 salários mínimos, o programa faz parcerias com estados e municípios. Você pode conferir informações mais detalhadas de como se Cadastrar no programa Minha Casa, Minha Vida clicando aqui.

Regras do Programa Minha Casa Minha Vida

REGRAS DO PROGRAMA
Famílias com renda de até 3 salários mínimos:
– Não pode ter sido beneficiada anteriormente em programas de habitação social do governo.
– Não pode possuir casa própria ou financiamento de imóvel.
– Deve estar enquadrada na faixa de renda de até 3 salários mínimos.
– Precisa comprometer até 10% da renda durante dez anos para o pagamento das prestações.
– Precisa comprovar renda formal ou informal para enquadramento no programa.
– Não há análise de risco de crédito, ou seja, mesmo que o interessado tenha restrições nos órgãos de proteção ao crédito pode ser incluído no programa.
– Depois da seleção, o interessado é convocado para apresentação da documentação na Caixa Econômica Federal, no agente imobiliário, na prefeitura ou outros órgãos, instituições ou entidades credenciados.
– A assinatura do contrato ocorre na entrega do imóvel.
– A prestação mínima é de R$ 50.
– O registro do imóvel é feito preferencialmente em nome da mulher.
– Não é preciso dar entrada ou pagar prestações durante a obra.
– Não é cobrado seguro de vida e danos ao imóvel.

Famílias com renda entre 3 e 10 salários mínimos:
– Não pode ter financiamento ativo no Sistema Financeiro da Habitação (SFH).
– Não pode ter recebido desconto concedido pelo FGTS para financiamento.
– Não pode ser proprietário de imóvel residencial no local de domicílio ou onde pretenda fixar domicílio.
– Não pode ser titular de direito de aquisição de imóvel residencial.
– precisa comprovar renda formal ou informal.
– é feito uma análise do Imposto de Renda da Pessoa Física.
– é feito uma análise cadastral no Serasa, no SPC, no Bacen e no CADIN
– é verificado o Cadastro Nacional de Mutuário
– é feito uma análise de risco e de capacidade de pagamento pela Caixa Econômica Federal.
– É financiado até 100% do valor do imóvel.
– A entrada é opcional.
– O prazo para quitação do financiamento é de 30 anos.
– É exigido um pagamento mínimo durante a obra, de acordo com a renda.

Lula estuda possibilidades de Inscrições do Programa Minha Casa, Minha Vida serem feitas pela internet

O Presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que estuda possiblidade da famílias que tem renda entre 3 e 10 salários se cadastrar no programa minha casa, minha vida através da internet. Lula ainda afirmou que o desconto das prestações do programa podem vir a ser feitos na folha de pagamentos de pensionistas do INSS.

Vídeo do programa Minha Casa Minha Vida

Mais informações no Site: Minha Casa, Minha Vida

Gostou? Compartilhe:

admin

google plus


Gostou desta matéria? Comente:
  1. Fabiano
    15/12/10

    e quando sairá a possibilidade do aposentado ou pensionista, para tirar sua casa própria??

    já tentei cadastro para minha mãe e até agora nada

  2. Aline
    05/12/12

    Boa noite
    gostaria de me cadastrar no programa minha casa minha vida.
    Obrigado

*Nome
*Email
Site/Blog/Url
Mensagem
* Campos obrigatórios